Saúde

Dia Nacional da Luta Antimanicomial teve palestra educativa em Olímpia

A Prefeitura da Estância Turística de Olímpia, por meio da Secretaria de Saúde, realizou nesta quarta-feira, 18 de maio, uma palestra em comemoração ao Dia Nacional da Luta Antimanicomial. A palestra foi desenvolvida pela equipe de profissionais do Ambulatório de Saúde Mental do município e teve como intuito explanar sobre a importância de criar mecanismos de atendimento a pacientes com distúrbios mentais.

 

 

 

 

Ministrado pela médica psiquiátrica Ana Elisa Furlan, a palestra reuniu pacientes do Ambulatório para discutir a importância dos atendimentos dispensados a eles. Segundo a médica, a luta contra os manicômios, maus tratos de pacientes e preconceitos teve início na década de 70, na Itália, onde os manicômios eram antigos hospitais psiquiátricos nos quais os pacientes viviam à margem da sociedade.

 

 

“A palestra demonstra a importância desse Dia Nacional de Luta, bem como a necessidade de acabarmos com os maus tratos e a marginalização”, ressalta a médica.

O município de Olímpia conta com um Ambulatório de Saúde Mental que realiza um atendimento médio semanal de 120 pacientes. O ambulatório apresenta como proposta de trabalho uma equipe multiprofissional, com psiquiatras, psicólogos, terapeutas ocupacionais e assistentes sociais. “O paciente tem todo o suporte necessário, seja medicamentoso ou por meio de atividades sociais. Sempre estamos acompanhando a evolução clínica de cada indivíduo”, ressalta a psiquiatra.

Ela explica ainda que o Ambulatório tem contato direto com a farmácia, no qual os profissionais sabem os medicamentos que cada paciente necessita e o estoque destes. Além disso, o paciente já recebe a medicação diretamente no Ambulatório, marca o retorno da consulta e tem o apoio de uma equipe preparada.

 

 

Segundo Ana Furlan, por ser um Ambulatório de Especialidades, o paciente, para iniciar o tratamento, precisa ser encaminhado. “O ideal é que este paciente seja encaminhado porque ele precisa ser atendido por um clínico geral ou clínico do posto. O médico avaliará se é necessário ou não tratamento no ambulatório e já introduzirá uma medicação”, conclui a médica.

 



Veja Também


Contatos
(17) 3281-6173
(17) 99721-1925

Estância Turística
de Olímpia
Cep: 15400-000